Synthol: para que serve, como é usado e efeitos colaterais

como usar synthol e quais os seus efeitos colaterais

Neste texto veremos exatamente o que é (e o que não é) o synthol, como ele é usado e quais efeitos ele pode produzir no seu organismo.

O que é e para que serve o synthol

Synthol é um óleo sintético que quando injetado dentro do músculo, aumenta o seu tamanho de forma praticamente imediata.

O óleo é feito com uma mistura de ácidos graxos, lidocaína (analgésico) e álcool benzílico.

A maior parte do óleo é composta pelos ácidos graxos que serão os responsáveis pelo aumento do músculo injetado.

Enquanto a lidocaína serve para diminuir a dor durante e após a injeção.

como usar synthol e quais os seus efeitos colaterais

Logo de cara, é preciso deixar claro que synthol não é um esteroide anabolizante (não é um hormônio).

Os “ganhos” gerados pelo synthol são apenas visuais e não aumentam a força, recuperação ou resistência do usuário, como ocorreria com o uso de anabolizantes.

Os efeitos colaterais também são outros (mais sobre isso logo a frente).

Como funciona

Quando injetamos synthol dentro de um músculo, o corpo imediatamente tenta se defender tentando expulsar a substância.

Como o synthol foi criado justamente para que o contrário aconteça, o corpo tem uma grande dificuldade para eliminá-lo, fazendo com que ele seja encapsulado dentro do músculo.

Este encapsulamento funciona como uma espécie de “quarentena” onde o synthol fica preso dentro do músculo e nada entra ou sai dali.

Em outras palavras, este mesmo encapsulamento que protege o corpo do agente invasor, também impede que o mesmo seja eliminado.

Com isto, o synthol pode ficar dentro do músculo por muito tempo (até anos), tudo vai depender da dosagem usada, frequência do uso e a genética do usuário.

O resultado é que o músculo injetado ficará maior de forma quase instantânea e o resultado pode ser duradouro.

E somando ao fato de quanto mais synthol for injetado, maior o músculo fica, isto é algo que mexe com a cabeça das pessoas.

Leia mais  Conheça quatro tipos de ciclos anabolizantes

Muitos usuários recreativos começaram a ver nesta substância uma forma de ganhar tamanho muscular rápido sem ter que treinar pesado ou se alimentar corretamente.

Já alguns fisiculturistas viram no synthol uma forma de corrigir imperfeições e assimetrias musculares que não poderiam ser corrigidas apenas com treino.

Há também relatos de que atletas usam synthol e outros óleos localizados com o intuito de expandir a fáscia do músculo e então permitir que massa muscular de verdade preencha as lacunas (mesmo sem nenhuma comprovação que isso realmente aconteça).

Efeitos colaterais e desvantagens do synthol

A ideia de se obter tamanho muscular de forma rápida, corrigir imperfeições, e tudo sem nenhum esforço, pode parecer muito chamativa.

Mas logo de cara, saiba que isto pode vir acompanhado de um preço muito alto e que muitas pessoas não sabem que terão de pagar.

Synthol possui efeitos colaterais e pontos negativos piores que os próprios esteroides anabolizantes, os quais você verá a seguir:

1 – Maior tamanho muscular, sem força

Os ganhos produzidos pelo synthol são meramente estéticos.

Ao contrário dos esteroides anabolizantes, synthol não aumentará sua força, recuperação ou resistência.

Você pode obter, por exemplo, braços grandes usando synthol, mas vai continuar usando 5kg de cada lado na rosca direta (se esta for sua carga usual).

2 – Deformações

É extremamente fácil deformar um músculo usando Synthol e isto pode estragar o físico inteiro de uma pessoa.

Se o óleo for injetado no local errado do bíceps, por exemplo, o bíceps deixará de ter uma aparência natural e quando qualquer pessoa bater o olho, ficará evidente que há algo errado.

Lembre-se também que você precisa injetar dos dois lados do corpo, para que ambos fiquem simétricos.

Se você cometer erros em ambos os lados, você terá dois braços assimétricos e com deformações diferentes em cada lado.

Agora some ao fato de que o synthol pode ficar anos no seu organismo e você terá que aguentar com essa deformidade por um bom tempo (ou recorrer a um cirurgião plástico).

Leia mais  Femproporex emagrece sim, mas existem riscos. Veja onde comprar!

3 – Dores

O synthol é uma substância viscosa e para injetá-lo é necessário usar uma agulha grande suficiente para que o óleo possa passar.

A agulha por si só gera dor ao ser injetada no músculo, o óleo viscoso sendo inserido entre as fibras musculares também.

Por isso a lidocaína está na composição, para diminuir a dor da aplicação, porém isto é apenas um paliativo.

O músculo também pode doer ao ser treinado, já que está pressionando fibras musculares e nervos, impedindo que o músculo trabalhe normalmente.

4 –  Inúmeros problemas de saúde

  • Nervos poderão ser danificados durante a injeção, o que pode resultar em dor extrema e paralisia dos músculos da região;
  • Abscessos que poderão necessitar de antibióticos e drenagem;
  • Infecções causadas por contaminação de agulha e outras bactérias;
  • Cicatrizes que podem impedir a circulação sanguínea e causar morte de tecido na região aplicada, podendo gerar amputações em casos extremos;
  • Embolia pulmonar caso a substância entre na corrente sanguínea e for parar no pulmão;
  • Acidente vascular cerebral caso a substância entre na corrente sanguínea e for parar no cérebro;
  • Reações alérgicas dependendo da genética do usuário.

A intensidade e grau dos problemas podem variar de acordo com a dose usada, como foi usada e a genética do usuário.

Se você chegou ao texto porque já está sofrendo com algum colateral e quer saber o que fazer, por favor, procure um médico urgente e seja sincero com ele.

Dependendo da situação que você se encontre, as coisas não vão melhorar sozinhas e quanto mais rápido você tratar o problema, melhor.

5 – Dismorfia corporal

Synthol e outros óleos localizados são um imã para pessoas com dismorfia corporal ou tendências a desenvolverem o problema.

Dismorfia corporal, de forma simplista, é uma preocupação em excesso com a aparência física e uma imagem distorcida de si mesmo.

Uma pessoa com dismorfia corporal pode ter um corpo que beira a perfeição, mas mesmo assim achar que tem um corpo horrível.

Leia mais  3 Remédios caseiros para sinusite

E isto também pode ocorrer às avessas.

Uma pessoa pode acabar com um físico grotesco, e por uma série de razões sociais e sentimentais, se convencer que aquilo é algo bonito.

A dismorfia corporal em homens costuma estar relacionada a quantidade de massa muscular.

Isto somado ao fato de que synthol pode gerar aumento rápido do tamanho dos músculos, é a receita perfeita para terminar assim:

 

Não é necessário ser um gênio ou ter uma opção sexual específica para ver como um físico desses não é estético ou atrativo.

Mas na visão de uma pessoa com uma série dismorfia corporal, isto pode se tornar “bonito”.

Synthol ou ADE ?

Encontrar Synthol a venda é extremamente comum em países de primeiro muito, como os Estados Unidos, já que a demanda é grande.

Mas o mesmo não ocorre no Brasil.

Por conta disso, muitas pessoas, na procura de algo que gere crescimento local, encontraram no ADE uma alternativa “viável”.

Antes de qualquer coisa, Synthol e ADE são substâncias distintas, com propriedades diferentes, mas que possuem o mesmo propósito.

O ADE é um medicamento veterinário de custo relativamente baixo e de fácil acesso.

O vitamina ADE, como é conhecida, contém uma quantidade massiva de vitamina A, D e E.

Como estas vitaminas são lipossolúveis e o veículo de entrega é oleoso, os efeitos quando injetados são parecidos ao synthol.

Acontece que este produto é destinado a animais e o controle de higiene está a par dos seus usuários, os animais.

Além disso, não há analgésico na formulação como ocorre com o Synthol.

Enfim, usando ADE você terá todos os riscos do Synthol e ainda terá riscos adicionais por estar injetando algo que foi feito para animais e foi feito sob as condições sanitárias que atendem animais.

Por conta dessas e outras razões, relatos de problemas envolvendo ADE são relativamente comuns.

           CLIQUE EM COMPRAR